RJ – Cortejo carregado de axé e espiritualidade abriu os ensaios técnicos deste sábado

Antes dos últimos ensaios técnicos do Grupo Especial para o carnaval de 2024, a Marquês de Sapucaí recebeu baianas, baterias e componentes de todas as escolas, para a tradicional Lavagem da pista de desfiles, em forma de cortejo carregado de axé e espiritualidade.

Ao som de sambas históricos do carnaval, o Sambódromo do Rio de Janeiro foi varrido com vassouras de piaçava, folhas de akòko e lavado com água de cheiro. Todos de roupa branca pedindo que as águas de Oxalá tragam paz para o carnaval.

Foto Vitor Melo

O cortejo contou também com a imagem de São Sebastião, padroeiro da cidade do  Rio de Janeiro. O Prefeito Eduardo Paes também esteve presente.

Foto Vitor Melo

Em 2024,  a Lavagem da Passarela do samba, completa 14 anos de história na cultura popular do carnaval carioca.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp