RJ – Imperatriz Leopoldinense encerra ensaios técnicos com festa cigana e clima de confiança

Atual campeã do carnaval carioca, a Imperatriz Leopoldinense encerrou a temporada de  ensaios técnicos do Grupo Especial no domingo,  dia 04 de fevereiro de 2024. 

Com a sorte virada para a lua, segundo o testamento da cigana Esmeralda”, é mais um enredo autoral do carnavalesco Leandro Vieira. o Enredo é inspirado em um folheto, “o testamento da cigana Esmeralda, escrito há mais de 100 anos pelo paraibano “Leandro Gomes de Barros”, que tem um séries de ensinamento populares sobre interpretação de sonhos. 

A Presidente Cátia Regina Drumond levou sua “caravana” da  Zona da Leopoldina, para uma grande festa cigana. 

O Ensaio teve como um dos seus destaques a comissão de Frente, coreografada por Marcelo Misailidis, que vai para seu segundo ano na Rainha de Ramos, e tem a missão de buscar os décimos perdidos em 2023.

Vindo de boas notas, Phelipe Lemos e Rafaela Theodoro, o 1° casal de Mestre-Sala e Porta-Bandeira encantaram o público com seus bailados, sob a supervisão da bailarina Ana Botafogo.  

Pitty de Menezes cantou o samba que resultou da junção de duas parcerias, Me Leva e Jeferson Lima, e inflamou o sambódromo. As musas da Imperatriz Carmen Mondego, Tati RosaRafa Kalimann, e Aricia brilharam e foram muito aplaudidas.

Sob o comando de Mestre Lolo, a bateria “Swing da Leopoldina” mostrou porque recebeu todas as notas máximas no último carnaval. A bateria cruzou a avenida, tendo à sua frente a Rainha Maria Mariá, moradora do Complexo Alemão em seu segundo ano no posto.

A Imperatriz Leopoldinense encerra os desfiles de domingo de carnaval, 11 de fevereiro.
É o CN1 Brasil nos preparativos para o carnaval de 2024″.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp